Advocacia Guerra

Judiciário de SC já acionou manutenção para atender estruturas atingidas pelas chuvas

A chuva que provocou mortes, alagamentos, deslizamentos e outros prejuízos em 115 municípios do Estado também trouxe problemas para as atividades e estruturas do Poder Judiciário de Santa Catarina (PJSC). Das 111 comarcas da Justiça catarinense, algumas tiveram as atividades presenciais suspensas. As comarcas de Rio do Oeste e Armazém ainda estão fechadas nesta sexta-feira (6). Na comarca de Tubarão, a unidade precisou ser evacuada na quarta-feira (4) pelo risco real de inundação.

O diretor de Engenharia e Arquitetura (DEA/PJSC), engenheiro Everton William Tischer, informou que os seguintes fóruns registraram infiltrações pelas coberturas: Eduardo Luz, Itajaí, Porto União, Jaguaruna, Criciúma, Imaruí, Porto Belo e Itaiópolis. Em Videira, o nível do rio chegou ao portão do fórum. O vento forte provocou pequenas infiltrações nas janelas e nos aparelhos de ar-condicionado do piso superior do prédio judicial de Barra Velha. Em Presidente Getúlio e Trombudo Central, as ruas próximas às unidades judiciárias também ficaram alagadas na última quarta. “Acionamos os contratos vigentes de manutenção predial para as unidades afetadas. Diante das infiltrações, nenhum fórum ficou sem atendimento. Os casos de suspensão aconteceram por questões urbanas que impediram o acesso aos prédios, como ruas alagadas, por exemplo”, explicou o diretor.

Segundo a Defesa Civil do Estado, três pessoas morreram em decorrência da enxurrada: duas no município de São Joaquim e outra em Urubici. Foram contabilizadas 44 mil pessoas afetadas, entre elas 7,1 mil desalojadas e 518 desabrigadas, conforme dados informados pelas coordenadorias municipais de Proteção e Defesa Civil.

Fonte: https://www.tjsc.jus.br/web/imprensa/-/judiciario-de-sc-ja-acionou-manutencao-para-atender-estruturas-atingidas-pelas-chuvas?redirect=%2Fweb%2Fimprensa%2Fnoticias

06 Maio 2022 | 17h36min

Sobre o autor

Camila Guerra

Camila Guerra

Advogada inscrita na Subseção de Santa Catarina da Ordem dos Advogados do Brasil sob o n. 40.377. Advogada sócia-proprietária do Escritório Guerra Advocacia, inscrito na OAB/SC sob o n. 5.571. Graduação em Direito na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Graduação em Administração Empresarial na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Participação em Programa de Cooperação Internacional na Business School, Amiens (Ecole Supérieure de Commerce Amiens, Picardie, France). Pós Graduação em Direito Constitucional pela Universidade Anhanguera - Rede LFG. Especialização em Direito de Família e Sucessões pelo Instituto Brasileiro de Direito de Família - IBDFAM. Mentoria Avançada em Planejamento Sucessório e Prática da Constituição de Holding Patrimonial - Direito em Prática.  Associada ao Instituto Brasileiro de Direito de Família - IBDFAM.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima
Atendimento online