Advocacia Guerra

Juiz de Três Lagoas cria canal para transmitir sessões do Tribunal do Júri

Com a pandemia, muitos Tribunais mudaram os julgamentos e sessões. O Juiz de Direito Rodrigo Pedrini Marcos decidiu criar um canal no youtube para transmitir as sessões do Tribunal do Júri da 1ª Vara Criminal de Três Lagoas.

As transmissões são feitas ao vivo, de forma a garantir a máxima publicidade aos julgamentos da Comarca e levar ao conhecimento como funciona o Tribunal de Júri. Elas ainda ficam disponibilizadas integralmente na plataforma.

O Presidente da OAB/MS Mansour Elias Karmouche elogiou a iniciativa e aproveitou para convidar à comunidade acadêmica a assistir as sessões, eis que é suma importância aos mesmos esse complemento curricular “As transmissões pela internet são uma boa iniciativa para levar os júris à sociedade em tempos de pandemia. Os júris têm que ser públicos, para levar informação e dar uma resposta sobre os crimes que são cometidos contra a vida e precisam ter a sua resolução. Neles, a comunidade acadêmica pode ter conhecimento de como é feito e pedir aproveitamento como atividade complementar na instituição, seguindo os parâmetros exigidos”.

O juiz Rodrigo Pedrini lembrou que a prática preserva o direito à ampla defesa, pois os réus somente são mostrados durante os interrogatórios, assim como a vítima e demais testemunhas inquiridas. A defesa também pode requerer para que não haja exposição.

A criação do canal, em setembro do ano passado, segundo o Juiz, surgiu da adaptação dos operadores de direito e Tribunais aos tempos de pandemia. Ele viu nesse período a importância ainda maior de não parar as sessões. “A pandemia acabou antecipando algumas inovações tecnológicas. A transmissão pelo Youtube foi pensada inicialmente como publicidade dos júris, para que acusados e vítimas pudessem acompanhar o julgamento facilitando o acesso”.

O pioneirismo e inovação na transmissão ao vivo do Tribunal do Júri, a nível nacional, fez com que a prática fosse inscrita no Prêmio Innovare, que tem como objetivo identificar, divulgar e difundir práticas que contribuam para o aprimoramento da Justiça no Brasil. “Fomos uma das primeiras Varas a implantar essa prática de transmitir os julgamentos do Tribunal do Júri no país. Verificamos com os acessos e redução de custos que é um caminho sem volta. Por isso, nosso propósito é continuar a transmissão mesmo após a pandemia”.

Acesse aqui o canal. 

Texto: Catarine Sturza 
Data:04/08/2021

Fonte: https://oabms.org.br/juiz-de-tres-lagoas-cria-canal-para-transmitir-sessoes-do-tribunal-do-juri/

Sobre o autor

Camila Guerra

Camila Guerra

Advogada inscrita na Subseção de Santa Catarina da Ordem dos Advogados do Brasil sob o n. 40.377. Advogada sócia-proprietária do Escritório Guerra Advocacia, inscrito na OAB/SC sob o n. 5.571. Graduação em Direito na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Graduação em Administração Empresarial na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Participação em Programa de Cooperação Internacional na Business School, Amiens (Ecole Supérieure de Commerce Amiens, Picardie, France). Pós Graduação em Direito Constitucional pela Universidade Anhanguera - Rede LFG. Especialização em Direito de Família e Sucessões pelo Instituto Brasileiro de Direito de Família - IBDFAM. Mentoria Avançada em Planejamento Sucessório e Prática da Constituição de Holding Patrimonial - Direito em Prática.  Associada ao Instituto Brasileiro de Direito de Família - IBDFAM.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima
Atendimento online